08 fevereiro, 2010

A Vampira Grega - Parte 1

E ali estava ela, sozinha como sempre parada novamente a porta daquela escola que lhe trazia lembranças odiáveis. Ela já havia estado ali há praticamente 100 anos atrás e agora estava voltando. A escola Centrou Paula Souza ficava na pequena cidade chamada Adamantina, no interior de São Paulo. A pequena cidade ficava situada a 700 km da capital do estado e sempre fora muito parada. Ótima para quem quer se isolar do mundo. Ela também sempre fora muito quente e com muito sol, mas sempre tinha nuvens no céu. A garota trajava seu velho jeans que agora estava na moda bem surrada, tênis nos pés e a camiseta do uniforme da escola. Estava com os longos cabelos castanhos e ondulados soltos e com um óculos escuro com armação vermelha, e no ombro esquerdo carregava a mochila com o fichário em braços. Ela parecia uma garota qualquer e normal, a não ser pelo detalhe de ser mais branca que o normal das pessoas da cidade. Em sua mochila havia uma coisa bordada em linha vermelha no qual dizia Isbelle Becker e mais em baixo em letras menores, mas da mesma cor tinha algo escrito em outra língua Πάντα ένα βαμπίρ. A garota continuava parada na frente do portão, evitando entrar naquela escola novamente, mas era preciso, ela havia sido a única que tinha lhe aceitado assim no meio do ano.


Os alunos passavam em sua volta e ficavam olhando para a garota, ela ficando um pouco mais estressada que o normal por causa dos olhares curiosos acabou dando um passo em direção a entrada, mas logo parou. Ela estava muito pensativa nesse dia, e tinha apenas um sorriso torto no rosto. Mas logo fora interrompida por um garoto que havia se aproximado e sorrindo. Ele era alto, bronzeado, musculoso, loiro e tinha pose de atleta.

- Você é nova aqui, gata?

Isbelle apenas virou a cabeça para ele e levantou a mão em sua direção. Então abriu a boca e disse com sua bela voz feminina e com muita autoridade, e ainda com seu sotaque Grego.

- Te manca garoto!

Então virou-se novamente para frente e caminhou para entrada da escola. Ela simplesmente não andava e sim desfilava, parecia uma top model, bom o corpo ela tinha, só lhe faltava à altura. Do mesmo jeito que entrou na escola, caminhou até uma sala que iria estudar e adentrou, caminhando até o fundo da mesma. Todos a olhavam enquanto passava pelos corredores até chegar à sala, e os olhares só foram piorar quando adentrou a sala. Assim que sentou-se na carteira, tirou os óculos escuros e guardou dentro da mochila, pegando um estojo que parecia ser antigo e com muitas coisas penduradas e colocou em cima da carteira junto com o fichário, o abrindo e escrevendo no alto da folha Isbelle Becker e cruzou os braços, esperando a aula começar. Lembranças horríveis vinham a todo segundo em sua mente. Seus olhos estavam fixos no quadro negro a sua frente, mas logo foram desviados quando um garoto pouco bronzeado e com aqueles olhos azuis que ela só vira uma vez na vida adentrou a sala sorrindo e cumprimentando todos. Seus olhos se fixaram no garoto. Não era possível, ele não podia sobreviver por mais de 100 anos como ela, mas ele era muito parecido com seu antigo amor, ou que pensava que era e lhe traira no baile de formatura e lhe dera um fora na frente de toda turma. Esse garoto era igual a ele, o mesmo corte de cabelos e aqueles grandes olhos azuis. Ficou paralisada olhando para ele com uma pontada de dor no estomago, 100 anos depois e ela ainda sentia aquela dor que lhe deixara muito mal por meses em depressão. Tudo havia acontecido em muito pouco tempo e ela não era tão forte como é agora, não passava de uma humana. Torceu os lábios e apertou os olhos, olhando fixamente para ele. Seus pensamentos estavam em século passado. Balançou a cabeça várias vezes e procurou algo dentro da mochila. Logo em seguida guardou o material e colocou os óculos escuros, se levantou e caminhou com passos largos e calmos até a porta e se retirou da sala, passando pelo portão e adentrando em um volvo preto que estava estacionado e arrancou do local em direção ao norte.


~*~

Então, para onde será que Isbelle está indo? e Por que?
Aguardem até segunda que vem com o segundo capítulo de A Vampira Grega!

3 comentários:

Lucas santos. disse...

*---------------*

Marcos Aurélio/Eros Sanders disse...

divulgar maninha pode deixar ta ótiiima sua Fic xD

Bella S. disse...

Que bom baabys!